SEMINÁRIO

“O desejo e sua interpretação”
Segundas-feiras, 18h30.


      O que fazemos quando fazemos análise?
      Lacan abre o Seminário O desejo e sua interpretação abordando esta questão!

      Retoma o conceito de sintoma apreendido por Freud nos fenômenos marginais ou residuais, tais como os sonhos, os lapsos, os chistes, que foram arculados de uma ponta à outra através de
seu pensamento.

      Nesta direção, ele nos convida à abordar as questões sob a rubrica do desejo, cujo velamento, dependendo da intervenção do analista, pode manifestar -se em toda interpretação na experiência de análise.

      Este ano para arcular o tema em questão – O desejo e sua interpretação – vamos trabalhar circunscrevendo a situação do desejo marcada, amarrada a certa função da linguagem, a uma certa relação do sujeito com o significante, caminho por onde a experiência analíca nos leva longe o bastante para esta exploração.

      Convidamos àqueles que tenham interesse nesta temáca a vir construir conosco as vias de abordagem dessa exploração!

Coordenação: Antonia Portela Magalhães, Iaci Torres Pádua e Maria Isabel Fernandez.